Tenki no Ko (Weathering with You) - CRÍTICA

Uma fábula sobre o tempo, a vida e o amor


O cinema consegue trilhar paralelos interessantes antes mesmo de acontecimentos ganharem forma na vida real. 
Não atoa, que ao assistirmos Tenki no Ko ( Weathering with You), façamos uma linha de pensamento sobre a nossa atual situação de isolamento social com o local onde vivem os personagens. No caso do longa-metragem em animação, temos a chuva como a causadora de inúmeras situações desastrosas e quando alguém surge com a oportunidade de literalmente mudar o tempo, as coisas se tornam ainda mais interessantes e fantásticas. Infelizmente esse segundo ponto, que serve para alterar a história está um pouco distante da nossa realidade!
Aina assim, a jornada de Hodaka e Hina está repleta de entrega, amor e da esperança de um novo dia!

Hodaka é um adolescente que decide sair de sua cidade para ir morar em Tóquio sozinho. Certo dia, com fome, a jovem Hina o ajuda, o que posteriormente os colocará no mesmo caminho. Assim, essa amizade reserva uma surpresa importante: Hina é capaz de fazer o sol aparecer, levando embora a chuva que não para de cair sobre a cidade. E ao entenderem a capacidade desse poder, a dupla irá auxiliar muitas pessoas, mas as consequências de um poder tão grande exigem sacrifícios.

O Universo de Makoto Shinkai

Makoto Shinkai (diretor, roteirista e artista de mangá), conhecido por obras como O Jardim das Palavras, 5 Centímetros por Segundo e Your Name, apresenta nesta sua nova produção a união de técnica de desenho apurada, narrativa cativante e personagens que vão se desenvolvendo de uma maneira natural em tela.
Desde o início da trama, é nítido o quanto o diretor tem um cuidado com cada detalhe que será transmitido, desde o traço de suas figuras, as ambientações, objetos que aparecem em cena, a forma como água da chuva cai e a cidade em si. 
Nesse espetáculo imagético adentramos uma Tóquio que carrega um espírito triste, difícil, onde as pessoas não são atraídas a nada e o que vemos é apenas um cinza tomado por água. Logo, a fotografia se apoia nos primeiros minutos aos tons acinzentados justamente para nos fazer entender que a mudança se aproxima e quando ocorre, temos cores, brilho e assim, aquela mesma cidade apresentada de início, ganha novas nuances comportamentais, vistas também nos semblantes das personagens, que recebem ainda mais detalhes!
Shinkai entrega então uma parte de universo que se conecta aos de suas outras obras, não diretamente com a história, mas com uma assinatura carregada de minuciosidade e riqueza, ao passo que vamos embarcando na jornada nos protagonistas e cada elemento ajuda contar um ponto importante do que vamos receber no clímax! Aliás, tudo isso embalado por uma trilha sonora que emociona constantemente, não deixando que os sentimentos fiquem abaixo do esperado!


Sempre houve outro mundo no céu
Hina é uma Garota do Sol, uma pessoa que pode rezar e fazer o tempo chuvoso, triste, ir embora. Hodaka quer se encontrar, trabalhar, ter um vida diferente. 
Os caminhos de ambos se tornam um a partir de então! 
O texto de Tenki no Ko apresenta uma construção linear bem simples e direta, que aos poucos agrega elementos fantásticos, das lendas, das histórias do Japão, sem precisar ser exagerado ou piegas. Descobrimos a necessidade de uma pessoa como Hina existir ao mesmo tempo que seu destino também é revelado, o que torna a experiência ainda intensa quando nos aproximamos dos minutos finais. Permeando isso, o roteiro se propõem a estabelecer as amizades, o jeito como entendemos quem está a nossa volta, as consequências desastrosas de um tempo que não muda na vida de muitos e principalmente, o desejo de viver uma vida diferente, longe daquilo que certamente não irá trazer algo de relevante!
E ao reunir tamanhas nuances, a narrativa cria situações de empatia, humor e descobertas, realizando uma conexão exímia entre as belas imagens quando a protagonista utiliza os seus dons, com os diálogos entregues de maneira assertiva, carregados de boa dose de pensamentos que ajudam ainda mais a impulsionar a trama para aquilo que vai se formando em nossa concepção de espectador. Mesmo assim, engana-se quem pensa que esta história pode entregar apenas obviedades, pois há sempre um novo ponto de virada quando o céu se abre ou a chuva volta cair!

Tenki no Ko (Weathering with You) é um espetáculo narrativo e visual sobre tudo o que está a nossa volta, sobre como o tempo pode mudar de repente e o quanto não estamos preparados para isso. De igual modo, nos entrega uma fábula sobre esperança e recomeço, sobre o que se pode acreditar e em quem pode se depositar os melhores sentimentos.
Com um trabalho exímio de Makoto Shinkai, a animação entra para hall das produções que são muito mais que um belo traço, estabelecendo criatividade, singularidade e profissionalismo a cada nova sequência em tela.
Um fato então que permanece é a certeza de que o tempo sofre transformações constantes e mesmo que a gente tente, existem certas situações que devem acontecer para ensinar, amadurecer e seguir em frente. E nosso caso, ainda não temos uma Garota do Sol à nosso favor na vida real, mas tenhamos certeza de quem tudo isso irá passar!

Nota: 5/5 (Espetacular)
Tecnologia do Blogger.