La Casa de Papel: El Fenómeno - REVIEW

E tudo começou com um fracasso



Quando pensamos em La Casa de Papel, automaticamente nos veem as máscaras de Salvador Dalí, os macacões vermelhos e "Bella Ciao", mas há muito mais na história por trás de uma das maiores produções para televisão/streaming dos últimos anos.
Assim, neste documentário da Netflix, passamos a entender um pouco mais como tudo isso se tornou o fenômeno que é, pois o caminho do sucesso do grupo de atracadores do Professor, antes era de um fracasso total!
Vamos então a história por trás da série!

La Casa de Papel, série criada em 2017, originalmente exibida na Espanha no canal Antena 3, começou sua trajetória no universo das produções com muito sucesso, porém com o tempo, a história do maior assalto de todos os tempos foi perdendo audiência e caindo no esquecimento.
Então, eis que surge a Netflix, comprando a obra e distribuindo para o mundo todo e foi assim que Bella Ciao se tornou um hino atemporal, o grupo do Professor um exemplo de resistência e logicamente, novas temporadas foram pensadas!

Com depoimentos do elenco e também de parte da equipe técnica como Esther Martínez Lobato, produtora, Jesús Colmear, diretor e produtor executivo, Javier Gómez Santander, roteirista e Álex Pina, criador da série, passamos a entender um pouco dos caminhos que La Casa de Papel percorreu até o sucesso. 
A primeira temporada foi sucesso, conquistou o público e garantiu a continuação da história, porém na segunda parte, a audiência foi entrando em declínio, por mais que fosse o desfecho do assalto, o público foi perdendo o interesse. Foi então que a Netflix entrou em cena, distribuindo a série em sua plataforma, como uma produção "original", e assim, o sucesso finalmente alcançou a produção. Não só a obra em si, mas quem fazia parte, pois como é mostrado, o elenco passou a ganhar cada vez mais seguidores e admiradores ao redor do mundo, mostrando então a força que o grupo do Professor possuía dentro do universo das séries.


Tá, mas por que La Casa de Papel é um fenômeno?
Além dos números de sucesso, a produção se tornou um símbolo em diversos lugares.
Desde lutas por direitos, manifestações até a referências no esporte, as máscaras de Dalí e os macacões vermelhões elevaram ainda mais o poder das figuras presentes na história. Até mesmo fazendo com que pessoas se inspirassem para tentar praticar roubos na vida real nos mesmos moldes.
Isso ficou mais presente quando ao começarem a filmar a terceira parte, contando o reencontro do grupo em nova missão, os lugares de gravação ficavam abarrotados de pessoas querendo ver, tocar e tirar uma foto com alguns dos atores. O que prejudicou diversas cenas!

Falando em prejudicar, o documentário também foca nos desafios de realizar esse tipo de obra, já que com a fama, as continuações de temporada eram inevitáveis, fazendo com que equipe técnica, roteiristas e especialistas em efeitos visuais perdessem noites de sono para fazer tudo da melhor maneira possível pro público. Um exemplo é a sequência da chuva de dinheiro no centro de Madrid, onde descobrimos que além do clima não contribuir com o momento, diversos equipamentos falharam, fazendo com que a produção tomasse outras decisões para que a cena acontecesse como planejado!

E eles queriam um fenômeno global, não é?
Tóquio, Denver, Nairóbi, Helsinki, Oslo, Rio, Moscou, Berlim, Palermo, Lisboa, Marsella, Bogotá, Estocolmo e Professor, para os mais desavisados, esses não nomes de cidades e de uma profissão muito conhecida da sociedade, para nós, amantes da cultura pop, eles representam uma verdadeira modificação no sentido de se contar uma história dentro de uma série.

É possível entregar romance em meio ao caos? Com cenas de ação empolgantes e um suspense denso? Além de dar toques de novela, onde situações se estendem para prender ainda mais a atenção do espectador? A resposta para tudo isso: Sim!
La Casa de Papel comprovou que ao unir todos os elementos, o seu fenômeno transcendeu como nunca a barreira das telas, tornando-se um ícone cultural, um símbolo e uma das histórias que cada vez mais atrai pessoas para frente do serviço de streaming!
Pois de maratona e maratona, cada vez mais torcemos pelos bandidos, ou melhor, pela resistência!
Oh, Bella Ciao! 

La Casa de Papel: El Fenómeno está disponível na Netflix!

P.S: O documentário possui spoilers da quarta parte da série!
Tecnologia do Blogger.