Especial: O Mundo dos Boardgames - Terra de Vera Cruz

Vamos adentrar um universo de aventuras! Onde? Aqui! No Brasil!



O universo da nossa cultura é vasto em criações únicas, sejam elas nas lendas, nas crenças populares e até mesmo na linguagem. 
Não existe nenhum estado, cidade, e até mesmo bairros em nossa nação que são iguais. Cada um possui histórias, momentos e situações que traçam um perfil único, que certamente poderiam se tornar personagens, narrativas e desafios para uma boa mesa de RPG. E logicamente, pensando nisso, João Andrade, decidiu pegar cada um dos elementos presentes na história brasileira e levar isso para as situações onde os dados irão decidir por onde os personagens deverão ir, o que enfrentar e descobrir. Seja bem-vindo a Terra de Vera Cruz!

A História


Elfos Tupis Alquimecânicos, Anões Gaúchos montados em Capivaras de Guerra, Guerreiros Capoeiristas do interior do Mato Grosso, Clérigos de Axé Filhos de Oxum. O projeto-universo “Lendas esquecidas e novas histórias de VeraCruz” propõe a criação de um mundo que colide a cultura brasileira e os reinos populares do imaginário da fantasia (pulp, medieval, steampumpk, horror,...). A sátira, humor e aventura são elementos principais da paleta de ideias que compõe essa atmosfera. Navegando por literatura e RPG, criado pelo designer e publicitário capixaba João Andrade, a ideia é apresentar conteúdos que sejam inspiradores e úteis para jogadores e leitores. O principal destaque é o ambiente – um universo mágico com o relevo e geografia física inspirada no atual mapa do Brasil, enriquecido por extrapolações de fatos e culturas enraizadas em nosso país, incluindo o que veio de fora e até hoje nos alimenta, o folclore raiz , nossa cultura pop, e até mesmo o mais efêmero meme do momento.


O Projeto


Criado pelo publicitário e designer capixaba João Andrade, Terra de Vera Cruz tem como intuito ir além de uma simples aventura em uma mesa de jogadores. A intenção do projeto é transpor mídias, indo do RPG à literatura, assumindo então a identidade peculiar de cada um dos elementos brasileiros. Isso se faz presente na forma como personagens são construídos, ambientações e justamente, por onde a narrativa irá seguir.
Para isso, o idealizador conta com a participação dos seguidores, apoiadores e jogadores, que contribuem dando ideias para as ilustrações, características e trazendo novas nuances de histórias já conhecidas do folclore nacional. Desta forma, o processo de imersão durante o percorrer da história em Terra de Vera Cruz se torna mais próximo ao jogador/leitor, pois ali estarão ponto conhecidos de sua vivencia, local nascimento e até das expressões idiomáticas, presentes em nossa variação linguística, empregadas de maneira assertiva!


Criar um cenário rico detalhado e interessante para leitores e jogadores é uma tarefa colossal. Mas do jeito que tem sido executado o projeto se propões a ser ágil e atraente. Algumas sementes são lançadas nas redes sociais e os seguidores tem dado respostas com ideias muito criativas e principalmente referentes a região em que moram, ou conhecem bem [....] O tema principal é a fantasia medieval com um pezinho na tecnologia “steampunk”, que aqui ganha uma versão tropical que batizamos de “Alquimecânica” - Máquinas, traquitanas e geringonças movidas a matéria-prima encontrada no Brasil como sementes, penas de pássaros, cascas de árvore, minerais e por aí vai... e que ganham propriedades mágicas e mecânicas.

João Andrade, idealizador de Terra de Vera Cruz



Logo, o país se torna um grande cenário que vai ganhando a criatividade do autor e do público, tornando lugares conhecidos em espaços prontos para a batalha. Como territórios que abrangem mais de um estado, como o “Reino de Pernambuco” que circunda o equivalente a Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e parte da Bahia. Ou os Pampas e as Terras ao Sul, local dos temidos centauros lanceiros do Rio Grande. Desta forma, história, cultura e o cotidiano abraçam o universo dos boardgames para apresentar uma experiência onde tudo o que conhecemos é um item, figura e lugar a ser desbravado!

[...] O objetivo conceitual do projeto é dar atenção a cultura popular e entreter. Como em diversas outras áreas da arte, digerir o que veio de fora, como a cultura do “Dungeons & Dragons”, somando ao que temos enraizado e criando uma coisa nova. Uma coisa nossa. Além disso criar um comunidade colaborativa e interessada.
João Andrade, Idealizador de Terra de Vera Cruz 

Com a proposta de atrair entusiastas e jogadores, os tornando parte da aventura, sejam com seus personagens, habilidades, mas principalmente com as ideias e referências, Terra de Vera Cruz é um projeto de RPG que assume as características brasileiras em prol de uma realizar narrativas que cativem o público com elementos únicos e que ao mesmo tempo fazem parte da memória, infância e cotidiano de quem irá percorrer os territórios deste lugar tão interessante.
De Leste a Oeste, do Oiapoque ao Chuí, a nossa essência é a principal ferramente para criação deste projeto, sejam nas inspirações folclóricas, ou em nosso vocabulário, aqui somos parte de tudo que serve par a jornada dar início!

Para saber mais sobre Terra de Vera Cruz, conheça a página do projeto clicando aqui!

Toda terça do mês de novembro será dedicado a novos projetos no universo dos Boardgames e RPG! Semana que vem voltamos para falar de mais um jogo que está por vir!
Não perca!
Tecnologia do Blogger.