American Horror Story - 1984 : 9ª temporada - REVIEW


O slasher é com certeza o subgênero mais icônico no terror desde os anos 80.
É curioso como thrillers sobre serial killers realizando verdadeiros banhos de sangue consegue m capturar a atenção de público tão fácil. E usando essa premissa que American Horror Story chega ao seu nono ano, uma homenagem ao clássicos filmes slasher.

Ryan Murphy e Brad Falchuck, já deixam claro desde o começo que 1984 não é nada do que os fãs da série estão acostumados. American Horror Story sempre esteve atrelada muito mais ao sobrenatural que qualquer outra coisa, e agora - até o momento - não existe nenhuma referência a isso. 

Falando em referência, como uma boa produção de homenagem, isso é o que não falta. 1984 traz muita disso logo em seu primeiro episódio, há um segredo depois do acidente na estrada como em Eu Sei O Que Vocês Fizeram No Verão Passado, os jovens estereotipados no acampamento de verão como em Acampamento Sinistro e até mesmo a fuga do serial killer do hospital psiquiátrico como em Halloween.

As referências visuais também são exploradas com muita ênfase e carregadas de nostalgia.
A câmera tremida substituindo o assassino durante a perseguição da vítima, as escolhas de ação absurdas da mocinha, nos transportam diretamente para uma sala de cinema nos anos 80, assim como o figurino conseguem por si só estabelecer o processo de imersão na história contada.


Leslie Grossman se tornou facilmente o destaque do primeiro episódio como a sobrevivente do massacre no acampamento de quatorze anos antes que estranhamente decide reabrir o local numa tentativa de lidar com o trauma. Leslie consegue com uma atuação meio caricata de sua personagem misteriosa deixar a história mais interessante.
Além disso, como não poderia ser diferente, American Horror Story ainda faz referência a uma de suas temporadas anteriores. O Serial Killer Richard Ramirez, o Night Stalker que antes tinha aparecido em Hotel, como um fantasma, em 1984 vem em sua forma física sendo uma das motivações para que a personagem de Emma Roberts se junte ao grupo no acampamento e o que tudo indica ainda será um dos subplots da temporada.


Surpreendentemente o piloto de 1984 consegue ser em anos da série a melhor estreia até o momento. Sem tentar ser mais do que é, com o pé no chão, consegue se afastar das narrativas confusas das últimas temporadas.
A nona temporada de American Horror Story promete entrar no ranking das melhores temporadas da antologia.
Tecnologia do Blogger.