Ads Top

Review: Game of Thrones - Temporada Final #Ep.05

IMPORTANTE: Esse review contém spoilers do quinto episódio da oitava temporada!


Até mesmo os sinos viraram pó!

RESUMO DO EPISÓDIO:

Após a chegada desastrosa em Porto Real, Daenerys e seus aliados tentam elaborar a forma de contra-atacar Cersei e seu exército, já que suas armas também podem matar dragões. Logo, Tyrion tenta novamente negociar com a Mãe dos Dragões a forma mais adequada de um ataque acontecer, ao mesmo tempo que Jon Snow conversa com Vayrs, que se coloca do lado do rei do Norte, ou seja, o festival de maquinações ainda continua firme em Westeros. Porém, Jon acaba contando a Danerys sobre sua conversa e então a rainha decide dar um fim em seu conselheiro com belo Dracarys!
Nisso, as tropas estão prontas para o ataque, Cersei está na Fortaleza Vermelha, o exército Lannister e a Companhia Dourada se posicionam na entrada de Porto Real e no mar.
Velozmente, Daenerys montada em Drogon destrói por inteira a frota de navios, se dirigindo em seguida para a cidade. Ao destruir os muros com o fogo do dragão, o exército de Imaculados, do Norte e os Dothraki invadem Porto Real começando uma batalha gigantesca. Paralelamente, a Nascida de Tormenta começa a destruir tudo e todos no local, não poupando inocentes, as chamas do dragão passam a consumir tudo, destruir construções, lares e torres, movida pelo desejo de vingança e pela conquista do trono de ferro.
Cersei então percebe que a vitória não irá ocorrer, fugindo então da fortaleza vermelha, sendo encontrada por Jaime, que a leva então para os tuneis abaixo da cidade, ideia essa do Tyrion para que ambos se salvassem. Porém, o casal morre soterrado quando tudo desmorona!
Em contrapartida, Arya, que estava acompanhada do Cão, é advertida em não continuar sua vingança, o que a faz fugir do local, ainda que seja por entre escombros, explosões e pessoas mortas. Já Cão, acaba por enfrentar o Montanha e ambos morrem, juntos, ao caírem da Fortaleza Vermelha dentro de uma Porto Real em chamas.
Daenerys então derrotou os seus inimigos, porém seus aliados a partir de agora percebem que talvez o poder dado a ela possa representar perigo para todos, inocentes ou não.

UM BREVE COMENTÁRIO:

O episódio demonstrou um primor técnico que mantém o legado do que Game of Thrones fez outrora na televisão. Planos sequência em meio a explosões e desespero, um contra luz que deixava ainda mais as marcas da destruição nítidas, o uso de efeitos práticos e digitais funcionando sem estranheza, ou seja, um festival grandioso pautado em um cataclismo de fogo e cinzas.
Contudo, a narrativa se torna problemática se analisarmos os aspectos e personalidades de cada personagem ao longo dessas oito temporadas. Numa pressa incômoda, os roteirista deram a Daenerys um tom de "loucura" que não condiz com as atitudes que até então a rainha havia tomado. Ao mesmo tempo, a desestabilidade de Cersei diante de tudo reduz a figura tão austera que foi criada, junte isso a um Tyrion cada vez menos importante e um Jon Snow apalermado.
Por mais que se trate de um episódio grandioso em sua execução, a trama parte para o encerramento sem qualquer coesão ou coerência nos arcos, sendo que elementos importantes foram descartados, ignorados e esquecidos. Neste domingo chegamos ao último episódio, que colocará um fim decisivo a Guerra dos Tronos, quer você queira, quer não!

Episódio Comentado, agora é aguardar domingo que vem!
E na terça-feira a nossa crítica completa da oitava temporada estará no ar! Não perca!

Valar Morghulis, pessoas!
Tecnologia do Blogger.