Ads Top

Review: Game of Thrones - Temporada Final #Ep.01

O Inverno chegou de vez


IMPORTANTE: Esse review contém spoilers do primeiro episódio da oitava temporada!

Esperamos quase dois anos pelo retorno de Game of Thrones! Dois anos!
Assim como na temporada anterior, nem sinal de livro lançado para ao menos especularmos o que poderia ou não entrar na série, mas sabíamos que o final já estava traçado e com a benção de George R.R Martin. E como todo episódio que precisa amarrar as pontas soltas de sua narrativa, o início do último ano da guerra pelo trono de ferro começa justamente estabelecendo soluções e abrindo espaço para novos conflitos.

RESUMO DO EPISÓDIO:

Seguimos então acompanhando Winterfell se preparando para a chegada dos Caminhantes Brancos e seu exército de mortos. As armas começam a ser feitas com vidro de dragão e os imaculados também se encontram apostos para as futuras batalhas.
Daenerys e Jon Snow precisam então convencer os outros lordes dessa aliança para então derrotarem um inimigo comum. O que já provocou a irritação de Sansa.
Por outro lado, podemos ver que Tyrion começa articular outras coisas, como um possível casamento de sua rainha com o rei do norte, com direito a frase clichê: "Eles formam um belo casal"!

Enquanto isso, Cersei segue bebendo vinho e tramando sua própria investida contra os demais rivais ao seu trono, sem deixar de soltar as melhores frases de intimidação deste primeiro episódio, o que certamente deixou Euron Greyjoy um pouco estremecido.
Falando em Greyjoy, Theon finalmente foi resgatar Yara, que decide então retornar as Ilhas de Ferro, preparando o lugar, caso os exércitos que se encontram em Winterfell venham a cair perante o Rei da Noite. Logo, ela encoraja o irmão a seguir rumo ao norte, para também ajudar na batalha.

Então, Bran e Sam decidem finalmente contar a Jon sobre o seu passado, explicando que ele é o verdadeiro destinado a coroa e ao trono. Pois o mesmo é filho de Rhaegar Targaryen com Lyanna Stark, tendo recebido o nome de Aegon Targaryen.
Revelação feita, o rei do norte então entra em conflito pois sua nova "identidade" poderia resultar em traição, já que sua lealdade está ligada a atual rainha, Daenerys.
Logo nos é mostrado Tormund e o que sobrou daquele "Esquadrão Suicida" da temporada passada encontram um "recado" do Rei da Noite, com direito a criança-zumbi-demônio pegando fogo em um espiral de braços cortados e outros membros!

Por fim, mas como um momento levemente impactante, temos a chegada de Jaime em Winterfell, com direito a encarada de Bran ao regicida (Tenho certeza que esqueceram esse menino do lado de fora porque aquela cadeira não saiu do lugar).

UM BREVE COMENTÁRIO: 

Como episódio inicial, Game of Thrones nos trouxe uma verdadeira "amarração" das pontas soltas do sétimo ano, ao mesmo tempo que estabeleceu encontros que ajudaram no andamento dos acontecimentos para que respostas fossem dadas e determinados momentos viessem a finalmente surgir em tela. Para quem esperava explosões e batalhas, talvez chegue ao final não gostando do que foi mostrado nesse retorno da série, mas nem só de dragões cuspindo fogo vive Westeros. Desta forma, somos então entregues a um episódio importante narrativamente, servindo para encerrar pontos que não precisaram necessariamente de mais tempo em tela nos próximos episódios!

Episódio comentado, agora é aguardar domingo que vem!
Lembrando que toda segunda sai um review do episódio da semana de Game of Thrones! 
Não perca!

Valar Morghulis, pessoas!
Tecnologia do Blogger.