Ads Top

Geek Indica: Hajime no Ippo




Hajime no Ippo é um mangá que faz sucesso tanto no Brasil como no Japão. 
A história conta sobre a superação de um jovem boxeador, trazendo grandes lições para seu leitor, além é claro de ser muito divertido. Para você, jovem gafanhoto, que deseja ingressar no mundo dos mangás, Hajime no Ippo será uma bela maneira de começar. 
Com pouco mais de 120 volumes e mais 1200 capítulos, com toda certeza será impossível desgrudar  o mangá da sua mente. Sua publicação pela editora Kodansha (A mesma de Shingeki no Kyojin e Sailor Moon) começou no ano de 1989 e não para até hoje, seu autor é Morikawa George. 
Além disso, ganhou também um anime de mesmo nome, totalizando 3 temporadas e 127 episódios, sem contar é claro, os filmes.

Sinopse


Makunouchi Ippo é um garoto de 16 anos bastante tímido que trabalha com sua mãe que possui uma loja de iscas e que aluga barcos para pescaria. Devido ao trabalho, ele nunca possui tempo livre para praticar esportes e fazer amigos e isso também faz com que sofra bullying. 
Um certo dia, uns garotos de seu colégio começam a bater em Ippo, até que aparece o boxeador profissional Mamoru Takamura, para salvá-lo. Ao ver que Ippo tem talento, Takamura decide emprestar alguns vídeos de boxe. Quando Ippo vê estes vídeos, ele deseja ser um boxeador profissional como Takamura com o objetivo de saber "o que é ser forte?". Impressionado com a força de Takamura, Ippo pede para ser treinado e aprender boxe. Depois de perder uma aposta, Takamura o leva para o ginásio Kamogawa Gym, quando Ippo começa sua trajetória como boxeador.

Por que ler?


Pense em um mangá que tem de tudo um pouco? Luta, romance, comédia e até drama!
Hajime no Ippo é um mangá mais que completo, apesar de sua trama um pouco arrasta, vale muito a pena ser lido. Em algumas partes, o mangá chega a se tornar clichê, mas de uma forma tão bem executada que você gosta de ver o clichê acontecer. Sem contar que facilmente nos identificamos com os personagens, que apesar das técnicas e de parecerem em alguns momentos quase deuses (Qualquer semelhança com cavaleiros dos zodíacos é mera coincidência) ainda sim são humanos, você entende o que passa na cabeça de Ippo para ajudar sua mãe com o trabalho após a morte de seu pai,  e com o passar do mangá vemos a evolução de um garoto medroso para um lutador perseverante.

Até mesmo os antagonistas são bem desenvolvidos em sua essência, somente antagonistas para Ippo, nunca vilões. Outro ponto forte é a arte do boxe. Sendo uma mangá de esportes Hajime no Ippo tem a obrigação de passar tudo sobre o boxe desde lutas famosas, grandes lutadores como Mike Tyson e até técnicas usadas pelos pugilistas profissionais. E ele faz tudo isso! De maneira tão simples que logo você acha que também é um boxeador (Não faça isso em, não saia por aí esmurrando pessoas).
A arte também não deixa nada a desejar, profunda, de maneira que podemos ver detalhes dos músculos e do cenário facilmente.
No final, vale a pena ler Hajime no Ippo, principalmente se você já é fã de mangás do tipo e mesmo dos que não gosta, irá facilmente encontrar cenas de tirar o fôlego, seja rindo ou até chorando!
Tecnologia do Blogger.