Ads Top

Aquecimento CCXP #2 - Entrevista com Paula Zanotelli

Continuando o aquecimento para Comic Con Experience, principalmente falando do local que dá vida a feira, o Artist's Alley, vamos conversar com uma artista que vem das terras capixabas, mas que atualmente mora em São Paulo e tem sua inspiração num dos maiores estúdios de animação do mundo, o Studio Ghibli.
Pronto para conhecer mais uma ilustradora brilhante que iremos prestigiar na CCXP?

Confira a nossa conversa com Paula Zanotelli!


Geek Guia:
Poderia se apresentar, quem é a Paula Zanotelli, onde vive? O que faz? Do que se alimenta?

Paula Zanotelli:
Boa pergunta! Haha! Bom, sou ilustradora, animadora e designer. Morei muito tempo no Espírito Santo, mas no inicio do ano, me mudei aqui para São Paulo, na Liberdade (o bairro mais lindo de todos!), para estudar e tentar uma carreira na área criativa, que aqui no Brasil é bem difícil, sabe? Os “alimentos” da minha inspiração são livros, músicas, animações e games!

GeekGuia:
Como surgiu a paixão por desenhar/ilustrar na sua vida?

Paula Zanotelli:
Isso pode soa clichê, mas, como a maioria dos artistas, eu sempre desenhei. É engraçado que as pessoas acham que a gente tem “talento” mas ignoram as muitas horas que passamos sentados a uma mesa estudando e tentando superar as dificuldades que encontramos no processo de um desenho (e são muitas!). Por isso digo que não é talento, mas esforço e dedicação a um trabalho, muitas vezes ingrato, que nos faz artistas. Mas, voltando ao assunto, foi em torno de 2010 que decidi que queria desenhar como meio de vida. Na época eu publicava meus desenhos, ainda bem tímidos em questão de estrutura e habilidade, no DeviantArt, foi onde um grupo de artistas voluntários me convidou para a equipe, que era formada por pessoas de várias idades e locais do mundo. Ali minha tarefa era, junto com um roteirista, produzir uma página de quadrinhos por semana, e foi então que percebi que era aquilo que eu queria fazer pra vida! A cada página de trabalho árduo eu via minha habilidade melhorando cada vez mais e isso era muito legal! Infelizmente o projeto não foi adiante, mas foi um dos momentos mais importantes e decisivos da minha vida.

Geek Guia:
Quem foi, ou é, sua grande inspiração para criar?

Paula Zanotelli:
Como muita gente da minha geração, cresci assistindo as animações japonesas e a maneira deles de contar histórias tão emocionantes sempre me inspirou, principalmente quando descobri os filmes do Studio Ghibli. Sempre que crio alguma ilustração ou história meu objetivo é criar algo tão tocante e interessante quanto o trabalho deles! (Ainda tenho muito o que aprender, haha!)

Geek Guia:
E nesse universo, deve existir um herói do coração, qual seria esse?

Paula Zanotelli:
Bom, gosto muito do Vash do anime Trigun. (Spoiler!) Acho muito interessante que, por mais que ele tenha sofrido na mão do irmão dele, o Knives, ele não desiste de fazer o Knives perceber que ele está errado nas convicções dele. Além disso, Vash é bem engraçado!



Geek Guia:
Falando em heróis, qual seria aquela ou aquele, que você gostaria de desenhar ou ilustrar?
Acho que seria bem interessante ilustrar o Guts do Berserk, principalmente por meu estilo ser tão diferente do desenho do Kentaro Miura, o autor da obra. O resultado deve ficar bem interessante, haha!

Paula Zanotelli:
E com todas essas produções de heróis acontecendo, como você o reflexo no trabalho de quem produz quadrinhos?
Acredito que, para quem tem um estilo mais comercial, mais parecido com o que as editoras americanas procuram, este é um momento bem propício. Infelizmente, pelo que vejo, ainda é bem complicado viver de quadrinhos no Brasil. Os artistas costumam ter mais mais chances no exterior.

Geek Guia:
Como é participar de uma Comic Con?

Paula Zanotelli:
É emocionante! Principalmente, pois é a minha primeira vez numa feira tão grande. Estou a mil, terminando as útimas coisas que faltam para poder levar ao evento. É bem cansativo, mas espero conseguir mais conexões e que as pessoas conheçam mais do meu trabalho.



Geek Guia:
Como mulher, qual a importância desse momento?

Paula Zanotelli:
Fico muito feliz que as mulheres vem ganhando espaço no mundo das artes, pois, como na maioria das áreas, ainda é bastante desigual a participação feminina.

Geek Guia:
O que poderemos encontrar na sua mesa da CCXP 2018?

Paula Zanotelli:
Tem bastante coisa legal! Levarei prints A3, A4 e A5; postais; marca páginas; adesivos; imãs; chaveirinhos de crochê e um mini artbook, chamado “Coisas nas Garrafas”, com uma série de ilustrações que envolvem personagens e situações acontecendo em garrafas, que fiz este ano. Tenho 3 ilustrações que fiz exclusivamente para a CCXP e estarão estampando vários dos itens que falei anteriormente. Para quem quiser levar uma arte original para casa, levarei alguns dos meus originais também. Além disso, caso alguém queira fazer alguma encomenda, pode vir conversar comigo lá na mesinha. Estarei na mesa H21 junto do pessoal do Omamori Studio.

Geek Guia: 
Como surgem suas ideias para as criações? (Aliás, sua mesa, já está na nossa lista)

Paula Zanotelli:
Pode parecer loucura, mas muito do que eu desenho tem inspiração em sonhos que eu tenho! Também gosto muito de me inspirar na natureza, principalmente animais. Ainda assim, uma parte da minha inspiração vem de observar as pessoas pela rua, haha!

Agradecemos muito pela conversa e queremos com certeza encontrar você lá no Artist’s Alley! 
Por fim, como podemos saber mais sobre o teu trabalho?

Eu que agradeço a oportunidade! 
Quem se interessar pode conhecer mais do meu trabalho no Instagram: @paulazanotelli, no Facebook e Youtube.
E, se houver interesse em contribuir com o meu trabalho (e ganhar algumas coisinhas legais no processo), minha página do Apoia.se. Nos vemos na CCXP!
Tecnologia do Blogger.