Ads Top

A Origem de Venom - ESPECIAL

Nós somos Venom!



Um dos vilões mais famosos do Homem-Aranha está chegando aos cinemas, mas distante da alcunha de inimigo mortal, que queria ver Peter Parker sofrer, desta vez ele recebe o título de anti-herói. Arriscado? Sim! Porém, como o próprio material de divulgação disse, o mundo já tem bastante super-heróis. Assim, entre essa nova aventura, aparições em desenhos animados e uma desastrosa jornada no terceiro filme da trilogia de Sam Raimi, vamos vasculhar os quadrinhos para entender de onde surgiu este simbionte que quer destruição em todo tempo.

O Espetacular Homem-Aranha: O Nascimento de Venom (Edições  #252 #256 #259 #300)

Antes de ser o "uniforme preto" do Homem-Aranha e seu antagonista mortal, Venom fazia parte de uma raça alienígena de simbiontes que habitam o planeta Klyntar, que também dá nome a sua espécie, que no início se unia a seres menores, animais pequenos, para justamente dar esses mais tempo de vida e a habilidade de se proteger os perigos que pudessem surgir. Entretanto, nem todos os hospedeiros poderiam ser considerados dignos de um simbionte o possuir. E justamente nesta questão que Venom veio a falhar.

O primeiro ser que se tornou seu hospedeiro, utilizou os dons para destruir uma população inteira de um planeta, assim fazendo com que Venom se tornasse um ser movido pela raiva. Apesar de manter ainda certos preceitos de sua raça, o simbionte foi preso. 
Logo Bayonder começa a convocar inúmeros heróis e vilões para o seu Mundo de Batalhas, onde todos iriam se enfrentar para o seu divertimento. Lá, o Homem-Aranha também se encontrava, porém seu uniforme estava complemente danificado e assim, usando uma das máquinas que lá existiam para consertar seu traje, Peter acaba ganhando um uniforme preto, que aumentava ainda mais sua força e habilidades, produzindo até mesmo suas próprias teias.

Passadas as batalhas e de volta a Terra, Peter, ainda utilizando o uniforme novo, começa a achar estranho, principalmente por não conseguir tirar mais o mesmo, por estar sempre cansado após o uso. Desta forma ao procurar o Senhor Fantástico pedindo ajuda, acaba por descobrir que o uniforme nada mais era que um simbionte alienígena que estava se apoderando do corpo do Homem-Aranha. Com a ajuda de uma arma sônica de Reed Richards, Peter consegue se livrar do parasita, e o prendem, entretanto o mesmo consegue escapar e ir a procura do seu hospedeiro.
Novamente o Cabeça de Teia se vê em poder do simbionte e lembrando que o som o fazia se livrar do mesmo, Peter utiliza dos sinos de uma igreja para soltar em definitivo a criatura que estava presa ao seu corpo.

Mas sem saber, o simbionte liberto acaba se unindo a uma pessoa que nutria um ódio particular pelo Homem-Aranha: o repórter fracassado Eddie Brock.
O rapaz havia perdido sua carreira no jornalismo após escrever uma matéria com um suposto bandido chamado Devorador de Pecados, entretanto, a fonte da reportagem era fajuta e o próprio Amigão da Vizinhança descobre a história verdadeira, e Eddie acaba demitido e ridicularizado por essa e outras matérias que nunca aconteceram na realidade.
Por ser católico, o rapaz havia ido em uma igreja para rezar por perdão de suas falhas, foi aí, que o simbionte que acabara de deixar o corpo de Peter Parker, ouve suas orações e o ódio que nutria pelo mesmo, desta forma, com objetivos e um desejo de vingança comum, Brock e o simbionte se unem, tornando-se então o ser chamado Venom!

O primeiro embate entre os dois ocorreu pouco depois, sendo que o casamento do Homem-Aranha com a Mary Jane já havia acontecido. Tornando até mesmo a esposa de Peter o primeiro alvo da vingança da criatura. 
E no embate entre o Teioso e o simbionte, o vilão é derrotado após utilizar toda a teia orgânica que produzia, já que era necessário fluidos corporais de Eddie para fabricação, assim quase sem forças, o mesmo é vencido e levado para o edifício Baxter, onde ficaria aprisionado sobre os cuidados do Quarteto Fantástico.


E assim mais um terrível vilão entra para a galeria do Homem-Aranha, como de costume, indo na leva de todo e qualquer personagem que faz muito sucesso, um longa metragem inspirado nas histórias em quadrinhos de Venom chega aos cinemas, com direção de Ruben Fleischer, tendo Tom Hardy no papel de Eddie Brock, o intuito principal é fazer com que os fãs esqueçam aquela aparição terrível em Homem-Aranha 3 de 2007, e quem sabe dar início a mais uma franquia lucrativa.
O personagem criado por Randy Schueller (elaborou o design inicial, vendendo o personagem para a Marvel por 220 dólares), David Michelinie e Mike Zeck (desenho do uniforme alienígena usado em Guerras Secretas) e Todd McFarlane (a versão com músculos, língua enorme e dentes afiados), chega para trazer um toque de terror e quem sabe fazer o que sabe de melhor, destruição em alta escala.

Venom estreia nos cinemas em 04 de outubro de 2018.
Tecnologia do Blogger.