Ads Top

Scarlett Johansson: Muito mais que uma atriz

Scarlett Johansson acaba de lançar um novo EP


Isso mesmo que você leu, a atriz Scarlett Johansson também é cantora. Você já a deve ter ouvido cantar em Ela a linda “The Moon Song” ou em Mogli com a clássica “Trust In Me” ou, se você assistiu ao filme em seu áudio original, em Sing com a música “Set It All Free” que tem uma pegada meio rock meio pop. Mas a atriz não se aventurou na música apenas em filmes, sua carreira musical teve início em 2006 quando gravou uma versão da música “Summertime”, originalmente da ópera Porgy and Bess, para um álbum composto de músicas cantadas por artistas de Hollywood. 
Em 2008 ela lançou seu primeiro álbum chamado Anywhere I Lay My Head que conta com 11 faixas, em sua versão standart, com apenas uma delas, Song for Jo, composta por Johansson. O estilo musical é descrito como indie folk, rock alternativo e dream pop. Recebeu críticas mistas, com nota 58/100 no Metacritic, mas foi muito elogiado por sua excentricidade e pelos vocais de Johansson.



No ano seguinte, Johansson junta-se com o cantor e compositor americano Pete Yorn, que ficou internacionalmente conhecido após o lançado de seu CD Musicforthemorningafter muito aclamado pela crítica, para lançar seu segundo álbum, e primeiro da dupla, Break Up. O álbum havia sido gravado em 2006 depois de Yorn ter um sonho sobre o conceito do CD.  Com 9 faixas escritas por Yorn, com exceção de “I Am the Cosmos”, com uma pegada indie folk e rock alternativo, o álbum foi lançado em 2009 para críticas também mistas, com nota 52/100 no Metacritic, e seu single “Relator” se transformou na música de mais sucesso de Johansson. Apesar de não ter recebidos críticas muito animadoras, o disco recebeu o certificado de platina na França e atingiu a posição de número 6 no ranking de Álbuns Alternativos da Billboard.



Após o lançamento de Break Up a atriz deu uma “pausa” em sua carreira de cantora, fazendo participações, em sua maioria em filmes, até que, em 2015, Johansson anunciou que havia formado uma banda chamada The Singles. A banda composta por Johansson, Este Haim (da banda Haim), Holly Miranda, Kendra Morris e Julia Haltigan lançou seu primeiro single chamado Candy. A música tem uma vibe pop chiclete que foi elogiada pela crítica por sua característica descompromissada e divertida porém, muito criticada por sua letra nada criativa. Além de primeiro, este também foi o último single da banda que se desfez após receber um processo por conta do nome que já pertencia a uma outra banda que está em atividade desde 1999.


Com o término repentino de The Singles, Johansson não deu pistas de que voltaria para sua carreira musical em algum momento próximo. 
Até que em 20 de abril de 2018 a atriz, de novo em parceria do músico Pete Yorn, lançou o single Bad Dreams, com um clipe musical protagonizado pela dupla para acompanhar o lançamento do single sendo publicado no canal do Youtube do cantor no dia seguinte, e a dupla anunciou que lançaria um novo EP.


O novo trabalho intitulado Apart foi lançado em 01 de junho de 2018 e conta com 4 canções inéditas da dupla e uma nova gravação da música “Tomorrow” lançada por Yorn em 2016.

Apart contém o mesmo estilo indie folk e rock alternativo utilizado pela dupla em Break Up.
A primeira canção “Iguana Bird” é bem relaxante e tem uma batida muito boa, “Movies” é uma balada gostosa de se ouvir, “Cigarillo”, assim como as comentadas anteriormente, segue bem o padrão utilizado pelo duo em Break Up, “Tomorrow – Remix” é exatamente o que propõe, um remix da canção lançada por Yorn anteriormente e que, em minha opinião, ganha muito com a adição de Johansson e se transforma em um ótimo dueto.
O destaque, porém, fica com o single “Bad Dreams”, a canção continua no estilo indie folk, mas utiliza de artifícios do pop e tem uma batida mais pesada que casa muito bem com os vocais da dupla, é aquela música que da vontade de colocar em repeat e que vai ficar presa na sua cabeça por dias. Minha nota para o álbum fica em 4.5/5
As músicas novas são ótimas, mas gostaria que a dupla fizesse mais colaborações no estilo de “Bad Dreams” e espero que nos agraciem mais com a parceria no futuro.
Você pode encontrar o trabalho de Johansson em qualquer plataforma musical. 
Se você já ouviu, o que achou? Se nunca ouviu nada dela, ouça e nos conte sua opinião do trabalho da cantora!
Tecnologia do Blogger.