Ads Top

Simon, o incômodo e o espaço em que estamos

De 'Com a Amor, Simon' a 'Indestrutível' da Pabllo Vittar este texto é importante
Representatividade no cinema! Representatividade na cultura pop!
Ok, você pode neste momento revirar os olhos e até mesmo parar de ler este texto por conta do subtítulo ou da primeira frase que ele carrega. Você tem todo o direito de não querer continuar para os próximos parágrafos, mas se existe um pouco de entendimento, respeito e educação dentro de você, me dê a mão e vamos permear um caminho importante para a cultura pop. Tão importante que pode ser uma jornada do herói notável para quem ainda não percebeu que este é um lugar para todos!

Não podemos mais fingir que a sociedade a nossa volta está mudando.
Por mais que os pensamentos retrógrados, machistas, racistas, preconceituosos estejam tão em alta, mascarados de "bons costumes", existem vozes que passaram a ser ouvidas. E isso incomoda muitas pessoas.

Incomoda aquele que riu, fez piada, jogou sua "opinião forte" contra a escalação de Anna Diop.
Incomoda aquele que questionou sucesso de Pantera Negra.
Incomoda aquele que disse que as mulheres em Hollywood estavam exagerando em seus discursos na época de premiações.
Incomoda aquele que não achou nada demais nos comentários de um tal crítico de cinema durante as transmissões do Oscar.

Estas e outras situações incomodam pois não fazem parte daquele padrão imposto há muitos anos.
Sabe o que é mais interessante?
A cultura pop é um lugar para quebrar os padrões!
É aonde o nerd deslocado encontrou espaço para falar de seus filmes, livros, séries, jogos que tanto ama, pois isso, muitas vezes, não era o jeito certo de diversão.
Este incômodo mesclado a sentimentos tão segregacionistas toma conta da cultura pop tem um certo tempo. Porque mulher não pode gostar de Star Wars, e isso de algum modo, mexe com os sentimentos do "nerd raiz". O gay jamais poderá comentar sobre histórias em quadrinhos, porque todos os personagens ali jamais teriam esse comportamento! (Prazer, Estrela Polar)
Um transgênero falando de cinema não seria correto, o que os fãs vão pensar?

Em "Com Amor, Simon", que está nos cinemas, existe também um incômodo na jornada do protagonista. O incômodo de ser quem ele realmente é. A tão conhecida atitude de "sair do armário" não é um processo fácil para ninguém. Não há facilidade para quem não está seguindo os padrões que tanto a sociedade dita, fala, exige! E no nosso meio, em nosso universo nerd, podemos encontrar diversos ou diversas Simon's. Que estão justamente aqui pois descobriram refúgio nas páginas de uma história, nas coleções, no rolar de dados, nas sessões de pré estreia abarrotadas de pessoas, que até então, são iguais!


A Pabllo Vittar lançou o clipe da música "Indestrutível", onde são mostradas cenas de bullying, preconceito, violência contra um jovem homossexual. Talvez você não goste da voz da cantora ou do seu estilo de apresentação, mas a produção revela uma parte importante da vida de muitas pessoas: a aceitação. Pode ser que você não tenha passado por nenhum desses acontecimentos, que a sua vida nerd sempre foi cercada de amigos, companheiros de quest. Porém, quem está chegando agora merece vivenciar os mesmos abusos que o "mundo real" oferece?

Será que a Anna Diop merecia os comentários racistas?
Será que a cosplayer está ali por que é oferecida?
Será que a gamer merece ser assediada?
Será que é preciso diminuir o rapaz gay pelo fato dele se interessar por quadrinhos?
Será que a única menina do grupo não pode opinar sobre quadrinhos?

Será que este texto ainda precisa ser escrito?

Ao final, você que está chegando a este mundo repleto de referências, produções, aventuras, quero dizer que tudo vai ficar bem! Pode parecer bagunçado, estranho e ter um ou outro olhando de forma estranha, revirando os olhos, mas não deixe de jogar, não deixe de assistir o seu anime, não deixe de folhear as páginas do seu livro, não deixe de ir ao cinema mesmo que o filme seja ruim.
Isso aqui tudo é cultura pop e é sim um espaço para todos, todas, todis, todxs!
Com amor, Will!
Tecnologia do Blogger.