Ads Top

Leitura da Vez: Monstros

Uma história de pescador bem contada é uma grande aventura


Monstros podem ser reproduzidos de diferentes formas. Cada um pode criar o seu, com origens, formas, poderes e personalidades distintas. Mas o que sabemos é um fato: Quando eles são gigantes e estão destruindo uma cidade, você pode recorrer a um robô em mesma escala. Ou um sábio dono de boteco neste caso.

A cidade de Santos está sendo invadida por três grandes monstros, pessoas correm, se escondem, fogem, gritam, mas no Bar do Pinô esses acontecimentos tem um efeito diferente, algo precisa se manter, a reputação do dono deste estabelecimento, então, cabe a esse aventureiro senhor deter essas criaturas enormes antes que tudo seja devastado.

Gustavo Duarte nos traz uma história que utiliza dos elementos principais das clássicas aventuras e embates envolvendo a humanidade de monstros gigantes.
Sem nenhum balão diálogo, o autor constrói toda a narrativa totalmente imagética. São os quadrinhos que irão fazer com que o leitor prossiga acompanhando os acontecimentos. As cenas demonstram não só a assertividade na sequência das ações, mas também a fluidez nos desenhos a cada virada de página.
Assim, os traços de Duarte ganham vida de tal forma que é possível ver os movimentos dos monstros, tentáculos, pisadas e raios saindo da boca se mexem, destroem, arrasam com tudo. Logicamente, isso carregado de um humor simples e divertido.

De tal forma encontramos também inúmeras referências a cultura pop e easter eggs na obra, que vão de Ultraman, Muppets, ao Saci, flâmula do Bauru e a banda Ultraje a Rigor, tudo isso encaixado sutilmente para gerar maior identificação de quem percorre as páginas. E essa tal identificação está presente, principalmente, em Pinô, dono do bar e combatente das criaturas. Ele é a representação de quando temos uma história nova para contar, sobre algo que se torna incrível e até surreal a medida que começamos a falar sobre o fato. Ele é o amigo corajoso, o tio que sempre está salvando alguém, ou aquele primo que já fez algo impossível!

Monstros de Gustavo Duarte é a demonstração do poder que o desenho possui ao contar uma história. Cada traço, linha, cor, estão em ritmo a uma narrativa divertida sobre manter intacta a reputação de um bom "contador de causos", sejam eles verdadeiros ou não. Pois todos temos uma aventura fantástica para narrar a um amigo, porque quem conta um conto sempre aumenta o tamanho da criatura que enfrentou.

Monstros
Ficha técnica
Autor: Gustavo Duarte
Editora: Quadrinhos na Cia.
Páginas:78
Ano:2015
Tecnologia do Blogger.