Ads Top

O RETORNO ''COLOSSAL'' DE SHINGEKI NO KIOJIN



OBS: Esse artigo vai abordar o retorno de uma série Animada lançada em 2013, caso não tenha visto a primeira temporada, ou nada deste material, é possível que tenha spoiler, leia por sua conta e risco. 

Finalmente a grande temporada de Inverno de Animes chegou! E com ela, vários títulos retornam, hoje vamos falar de Shingeki no Kyojin, caso você não conheça, aqui vai um pequeno resumo: 

A humanidade vive dentro de três muralhas inscritas (Maria, Rose e Sina) para se proteger de seu predador natural: os desmiolados Titãs. O jovem Eren Jaeger tem o sonho de conhecer o mundo afora e não entende como as pessoas podem viver enjauladas nas muralhas.

Após o sucesso inquestionável da primeira temporada, o anime ganhou uma adaptação em live action que foi alvo de diversas críticas, porém, junto ao filme veio também o anúncio da continuação para a série animada. 

O retorno segue exatamente de onde finalizou o primeiro arco, um início arrastado talvez não justifique todo o hype que a espera pela segunda temporada possa ter causado, mas conforme o episódio continua, somos jogados em um flashback, mostrando toda uma ação que acontecia em paralelo com Luta entre o Eren e Annie em forma de Titã. 

Existe uma necessidade lógica de situar o telespectador, como este é um episódio de retorno, quase metade da primeira parte é voltada para explicar o que aconteceu até aquele momento da história, com o uso de uma narração e flashs de imagens.

De modo geral, o anime continua com um incrível trabalho visual na animação, um misto entre o clássico e o sofisticado, o visual de Shingeki no Kyojin sempre foi um dos principais atrativos da obra, lembro até hoje cada frame da cena em que a mãe do Eren morre, no primeiro episódio. Esse espírito de capricho continua e é possível notar um melhora em determinadas cenas. 

Até o final da primeira parte do episódio, eu não estava me empolgando com o que estava sendo apresentado, dentro do que eu esperava do anime tudo parecia "ok" e nada além disso, porém tudo muda quando finalmente é apresentado o Titã Bestial (ou Macaco). Este é com certeza o melhor ponto que será desenvolvido nessa temporada, uma vez que a única vantagem natural dos humanos contra os titãs é o fato de sermos seres dotados de raciocínio lógico, mas a partir do momento que somos apresentados ao Titã Bestial, tudo muda! Temos agora um ser de 17 metros, com toda estrutura física de um titã, com aspectos primitivos e além de tudo, claramente um cérebro desenvolvido suficientemente a ponto de criar estratégias e desenvolver mecanismos complexos de comunicação como a fala. Apesar de ser um arco bastante político e ideológico, a chegada do Titã Bestial nos proporciona um pequeno vislumbre visceral do potencial do personagem para toda narrativa.


Foi um bom início, talvez não o melhor possível, mas o suficiente para nos trazer aquela sensação de alegria ao ver sangue e titãs devorando pessoas, particularmente estou na expectativa dos próximos epsódios.

Shingeki no Kyojin retornou no dia 1º de Abril de 2017, atualmente está disponível no Crunchyroll.
Tecnologia do Blogger.