Ads Top

Comentando Séries: The Walking Dead

Preparação para a Guerra Total:
Precisamos mesmo de tanta embromação antes do conflito?


Desde o desfecho devastador da Quarta Temporada da série que é um fenômeno mundial, The Walking Dead, não tivemos um conflito em larga escala entre o grupo do protagonista Rick Grimes e outro rival. Houve o arco dos canibais, aquele lance no hospital, os acontecimentos em Alexandria, mas nada grande de fato.

A chegada dos Salvadores liderados por Negan criou essa expectativa em nós, a necessidade de algo quase épico ou intenso o suficiente para fazer as engrenagens de The Walking Dead rodar a todo vapor e a série nos surtar novamente. Nas histórias em quadrinhos é assim. Inclusive, se você é fã da franquia, te desafio a ler o arco "Guerra Total" das HQ's e parar na metade. É impossível!

Claro que já cansamos de escutar (ou ler) que HQ é uma coisa e série é outra. De fato, o espírito da obra elaborada por Robert Kirkman está intacta na série, mesmo com as mudanças corriqueiras na adaptação. O problema é o ritmo de guerra, o pau quebrando de verdade, aquele suspense ininterrupto que a série está se negando em nos entregar, algo que se contradiz com o brutal episódio de estréia da atual temporada. Ao invés da série manter aquele ritmo em seu seguimento, sem tempo para respirar, resolveram nos dar uma pausa para continuarem a desenvolver os personagens, principalmente os secundários, e nos mostrar toda uma preparação para a prometida guerra contra os Salvadores e seu sádico líder.

As vezes esse tipo de coisa deixa a impressão de que a série está nos enrolando para guardar o melhor para o final de temporada ou deixar para o próximo ano. Mais do que brochante, é meio antiético da parte dos showrunner's se negarem em nos entregar o clímax da obra para ficar embromando, lucrando dinheiro encima da nossa fidelidade com a série em proporcionar a eles a audiência necessária. 

Será que teremos na Oitava Temporada o evento mais esperado, explosivo e devastador da TV? Ou teremos que esperar mais um ano de desenvolvimento de personagens e suas motivações que já conhecemos melhor que nossa própria família?

Tecnologia do Blogger.